set 1, 2015 - câmara dos deputados    2 Comments

Somos todos seres humanos

Eu estava conversando com minha deputada do Paraná, a Christiane Yared, e a gente começou a compartilhar algumas dificuldades da vida pública, que são bem interessantes. Por exemplo, se você publica uma foto, nas redes sociais, jantando com amigos num sábado à noite, o povo critica, ‘é, tá vendo, a gente paga seu salário, deveria estar trabalhando’. Infelizmente, parte da população acha que não somos seres humanos, não temos direito de nos divertir, de jantar com amigos, de ter vida fora das atividades de mandato, não temos direito de nada. É muito engraçado isso. Essa parte da população não vê o deputado como ser humano. Que coisa, né!

Post sugeridos

2 Comentário

  • Deputada,

    É evidente que temos que ter discernimento e saber separar as coisas. Os parlamentares, assim como todos, possuem uma vida privada e devem ser respeitados. Mas, são os próprios parlamentares induzem esse tipo de comportamento na população.

    Eu li uma matéria no blog do jornalista Fernando Rodrigues que demonstra que em 2013 os deputados tiveram direito 5 meses e meio em férias e folgas remuneradas. E o parlamentar brasileiro é o 5° mais bem pago do mundo. Ou seja: é uma situação completamente incompatível com a realidade do país. Então, que tipo de reação se pode esperar da população?

    Links:
    http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2014/12/03/5-motivos-para-nao-aumentar-salarios-de-deputados-e-senadores.htm

  • Todo ser humano, pois mais simples que seja, tem direito a uma vida privada, não uma privada na vida.

Deixe seu comentário!