E agora? O que vai acontecer?

IMG_1022Que semana, gente! O grande acontecimento daqui, em Brasília, todos vocês já sabem: o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, aceitou o pedido do jurista Hélio Bicudo para abertura do processo de impeachment da presidente Dilma. As horas que antecederam esse anúncio foram de enorme expectativa no Congresso, porque todos aguardavam o posicionamento do Conselho de Ética sobre o pedido de cassação do mandato do Eduardo Cunha.

Para mim não foi surpresa, porque estava muito clara a situação: se os três deputados do PT, integrantes da Comissão de Ética, votassem favoráveis à cassação, o Eduardo Cunha aceitaria o pedido de abertura do processo de impeachment. Imaginem a pressão para todos os lados. Coitados desses deputados petistas naquele momento. Se eles votassem contra, estariam contra o partido e a opinião pública; se votassem a favor, teríamos o aceite do pedido de impeachment.

Aqui, a gente vive nessas encruzilhadas, sabe, se correr o bicho pega, se ficar, o bicho come. É direto isso. Eu não queria estar na pele deles, não. Mas, enfim, eles declararam que votariam pela cassação do Cunha, então, aconteceu o que aconteceu: deflagrado o processo de impeachment da presidente Dilma.

Eu não sei o que vai acontecer daqui pra frente, mas o processo é muito longo.  Criada a comissão especial, com 65 membros titulares e 65 suplentes, ela terá de dar seu parecer sobre a abertura ou não do processo de impeachment. O parecer, então, vai a plenário e o processo só será aberto se dois terços (342) dos 513 deputados votarem a favor. Depois, segue para o Senado onde, em sessão presidida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, o impeachment somente será aprovado se 54 dos 81 senadores votarem a favor. Viram, não é uma coisa rápida. Nesse meio tempo, só digo uma coisa para vocês: vai valer muito a manifestação popular. Esta Casa é totalmente contagiada pela força da pressão popular. A grande interrogação disso tudo é o que vai acontecer com o Brasil durante todo esse processo?

 

Post sugeridos

11 Comentário

  • Frase do dia:
    Democracia é um regime de conquista!

  • Esperamos que vocês não mantenham este governo criminoso no poder. Os crimes de responsabilidade são claros, o que por si só já inviabiliza a continuidade da Dilma. Além disso estamos sofrendo diariamente as ações deste péssimo governo. A conta está em 6 mil demissões por dia e contando… Espero que a nobre deputada esteja do lado dos mais fracos.

  • O país não pode ficar parado pela crise politica, quanto mais rápido solucionar isso melhor para a economia.
    Economia e politica andam lado a lado, uma depende da outra.
    Uma vez resolvida a crise politica, a economia tende a melhorar.

  • OLá Deputada.
    Então é óbvia que a motivação do Dep Cunha é retaliar a Presidente e o PT pelos crimes que ele cometeu. Então pergunto, deputada, é certo alguém destruir o país motivado por mesquinharia? Se a economia está ruim, é rezoável alguém ampliar a crise política que irá criar mais desemprego de recessão? Pergunto Deputada, é razoável o parlamento ser ter o Dep. Cunha como presidente? A cassação do mandato passa pelo processo no comitê de ética, mas como manter Cunha como presidente da Cãmara?

  • Frase do dia:
    Aprender e compartilhar!

  • Entendo que mediante esses fatos, deveria ficar para outra época o recesso parlamentar, o momento exige presença dos parlamentares em seus postos de trabalho.
    Em toda a historia politica brasileira só aconteceram dois fatos igual a esse, portanto, os políticos não deveriam se ausentar nesse momento delicado da vida brasileira.

  • A democracia lava a isso pode colocar no poder gente do bem e gente do mal, ou seja gente do mal inimigos do povo e até de deus estão com os dias contados em definitivo. agora Deputada Federal Renata Abreu, eu particular gostaria de saber quando está ano A Deputada Federal Realizará uma plenária em SÃO PAULO – Capital, afinal de contas eu gostaria de estar Presente, fico aguardando um retorno urgente ok.

    • DEPUTADA FEDERAL Renata Abreu, Quando será realizado neste ano 2015 planária em são paulo, A Sra Deputada Federal Renata Abreu, afinal eu gostaria de estar presente ok, fico aguardando um retorno urgente OK.

  • Imagino o sufoco de vocês. Se para nós que não compomos o Parlamento é estressante, trabalhar nesse clima tenso não pode ser fácil. Seu texto é claro, mas descritivo. Ou seja, me ressinto de sua opinião como parlamentar, como alguém com mandato delegado pelo voto e que, em comissões ou no plenário, terá que se manifestar. Seu entendimento é de que há base jurídica para o impedimento? “E agora? O que vai acontecer?” são perguntas adequadas para os seus eleitores. As alternativas de resposta, para o Bem ou para o Mal, estão nas suas mãos mais do que nas nossas.

  • Até na CBF!
    Saiu um presidente da entidade máxima do futebol, óbvio, entrou o vice.
    Dizem que o vice é um politico, eles estão em tudo no país.
    Será que só políticos tem competências nesse país?

  • A democracia levou anos para ser conquistada!
    Ao longo do processo aprendeu, para nunca mais perder de vista, que todas as convicções precisam ser repensadas.

Deixe seu comentário!