jun 16, 2016 - câmara dos deputados    7 Comments

Desapontamento

O foco principal da semana foi a Comissão de Ética, que aprovou por 11 a 9 votos parecer pela cassação do Eduardo Cunha. Um episódio, no entanto, me deixou muito chateada. Ando me desapontando muito com as pessoas. Um deputado nosso falou em rede nacional que eu tinha me encontrado com o Eduardo Cunha no Rio de Janeiro no fim de semana.  Só se foi um clone ou sósia, preciso conhecê-lo, assim dividimos as tarefas. Gente, eu estava a 2.625 quilômetros do Rio. Estava em Natal, na convenção estadual do partido, juntamente com mais dois parlamentares da nossa bancada. Não entendo isso, por causa de discordâncias internas partir para ataques públicos com argumentações inverídicas. Fiquei muito triste, chateada mesmo, mas, sabe, a gente vai aprendendo dia após dia. Às vezes me pego pensando se democracia demais faz bem dentro de um partido. Sou superdemocrática no grupo, prezo pela liberdade de opiniões e acato sempre a decisão da maioria, mas, talvez por ser assim, só estou apanhando. Lembram do episódio do impeachment? No início do processo, ainda na Comissão Especial para análise da admissibilidade, a maioria do partido era contra o impedimento da presidente e eu, apesar ser a favor, apanhei pra caramba, principalmente nas redes sociais, por ser a líder da bancada. Depois, com intenso trabalho de argumentação e convencimento, viramos o jogo e a maioria votou a favor do impeachment. Eu vejo em outros partidos que tudo é imposto, não há discussão, as pessoas cumprem e pronto! Neste momento, sinto um desrespeito muito grande, acho que está na hora de bater na mesa. É fogo, viu! O que me tira muito do sério aqui são as pessoas que pregam o que elas não executam de fato. Muitos moralistas sem moral nesta Casa. Tenho ficada muito irritada com isso.

João Neto - Café Design

Discursando no Encontro Estadual do PTN, fim de semana em Natal

 

 

Post sugeridos

7 Comentário

  • ” … moralistas sem moral…”. Já ouvi essa expressão há algum tempo.

  • O nosso país quando entra em crise, falam muito da dolarização da economia, sou totalmente contra, entendo que a bandeira, a moeda e o idioma são fundamentais numa nação.
    Mesmo sabendo que a dolarização poderia funcionar como uma âncora para a estabilização da economia.
    Muito diferente de montar uma equipe é fazê-la andar!
    Se tivesse o poder de mudar as coisas no país, colocaria um ministério mais técnico, parece que o momento que estamos vivendo exige isso.

  • Deputada,

    O problema não você ser super-democrática. Isso é uma qualidade. O problema é que quando há muita divergência e diferenças de opinião, é sinal de que o partido está perdendo a sua identidade. Não concordo com imposição partidária. Teoricamente, as pessoas deveriam se unir a partidos porque se identificam com os valores e ideais de cada partido. Se há muitas divergências dentro do partido, é sinal de que as pessoas que compõem o partido não estão alinhadas com os ideais do mesmo. Isso não é um bom sinal. É preciso estabelecer a identidade do partido.

  • Provavelmente o deputado quis espezinhá-la (através de mentira), para relembrar seu apoio ao Eduardo Cunha.

  • A vida me ensinou que “ninguém joga pedra em árvores que não dá frutos”.
    Se estão agindo assim é porque a senhora está incomodando alguém, está indo bem na carreira que escolheu, isso gera esses fatos que a senhora narrou no texto.
    O sucesso das pessoas, incomoda mais que o próprio fracasso, óbvio, que não são todos assim, mas grande parte.
    A senhora está no limiar da vida, muito nova para perceber essas coisas, um dia vai entender esses detalhes do ser humano.
    Num ponto é bom, sendo muito nova, estar no meio de pessoas experientes, aprende muito, mas sofre muito também, até entender isso.
    São ossos do oficio, coisas da vida.
    O sucesso tem um preço muito alto!

  • Cara Deputada,
    O deputado ao qual a senhor se refere, Dep. Barcelar, ainda disse que a senhora o retirou da CCJ para ajudar o Cunha.
    Se a senhora afirma que ele inventou mentiras, por que não há uma sanção da senhora contra este deputado e os demais dentro do seu partido? Isto me parece um fogo inimigo do “amigo”!

  • Eu seguiria o cristo, ele disse:
    Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos. Sede, pois, prudentes como as serpentes, mas simples como as pombas.
    Mateus 10:16

    e não se envergonhe de jesus, ou seja, daquilo que ele ensinou. Ele foi crucificado e tratado como criminoso, traído e mesmo assim, nunca desistiu de sua missão, apenas lamentava por não ser compreendido.

Deixe seu comentário!