abr 19, 2016 - câmara dos deputados    5 Comments

Democracia sem imposição

Recebi algumas críticas, inclusive aqui no blog, porque falei da realização do sonho de todos os brasileiros (ver post de 17 de abril), mesmo sabendo que há uma parcela que não concorda com esse processo de impeachment. Também recebi críticas por, sendo vice-presidente do partido, não ter imposto que toda a bancada votasse conforme minha opinião.  Não cabe a mim impor nada a eles, que foram eleitos pelo povo, e é a esse povo a quem devem satisfação. Não tenho direito algum de fechar questão sobre o assunto, de impor nada a ninguém.  Até porque não seria justo com os outros 30% da população que não concorda com o impeachment, que pensa diferente de mim. Esses deputados representaram essa parcela de brasileiros. Dentro do nosso partido prevalece a democracia, cada um tem legitimidade para lutar por aquilo em que acredita. O meu papel vai ser sempre de tentar persuadi-los com argumentos, com convicção, mas jamais por imposição. A todos aqueles que tentaram me forçar a obrigá-los a seguir meu voto, digo que não o fiz e jamais o farei. Nunca! No PTN sempre haverá o direito legítimo de cada um da bancada representar aqueles que o elegeu. A gente pode achar que a situação de São Paulo é igual à da Bahia, mas não é mesmo, por isso o nosso deputado votou contra o impeachment, convicto e consciente de sua decisão e da realidade de seu povo. Enfim, nessa cultura de ódio que se formou em torno dessa questão, apesar de todas as pressões sofridas, ressalto mais uma vez: que não fiz e jamais farei imposições dentro do partido. Aqui, a democracia tem a palavra final!

Post sugeridos

5 Comentário

  • Boa Noite, Deputada.
    Acompanho seu Blog diariamente. Acho que utilidade pública. Aprecio sua firmeza atuando no congresso.

    Seu nome é citado com 2 Registros Judiciais no levantamento que foi feito pelo blog LupaNews onde relaciona os deputados que votaram no impedimento de Dilma contra ou a favor que constam ou não registro Judiciais.

    Favor, gostaria de saber o que a senhora tem a nos esclarecer.

    Muito Obrigado e parabéns pela atuação no Congresso. Estou apredendo muito com seus registros no Blog.

    • Ola, Daniel
      Os dois recursos judiciais aos quais você se refere estão desatualizados nesse site. O primeiro, aliás, nem é processo. Trata-se de não prestação de contas de um diretório municipal. O órgão municipal pode ter suas contas reprovadas ou não prestar no prazo, e a Executiva Estadual do partido só é comunicada disso. O presidente estadual de um partido não é parte envolvida, não tem envolvimento nisso. O diretório municipal tem executiva constituída e que responde pela prestação de contas, entre outras responsabilidades.
      Quanto ao segundo processo, foi arquivado pelo próprio Ministério Público, autor da ação, que concluiu que a denúncia era inconsistente e não havia provas para levar adiante o caso.
      Agradeço sua participação no blog e espero contar com vc sempre aqui, opinando, criticando e discutindo ideias e propostas comigo. Obrigada, viu! Abraços

  • Administra um grande estado da federação, maior que vários países, tem uma grande experiencia na politica, muito serio com as coisas públicas, um grande perfil, para ser olhado com muito carinho, rumo ao planalto.
    Alckmin além de estar na administração pública por vários anos, conhece os segredos da politica.
    Um presidente tem que entender de administração pública e de politica.
    Não pode dar as costas para os políticos, tem que se relacionar bem com eles, do contrário perde a governabilidade.
    Acho que se houver uma eleição, o perfil do governador de São Paulo é o ideal, para comandar os rumos da nação.
    Estou falando em hipótese de acontecer uma eleição já, se acontecer já temos um líder politico de grande perfil, que já está pronto para servir a nação, Alckmin!

  • O atual governador de São Paulo, Alckmin, deveria ser o próximo presidente do Brasil.
    É inteligente, tem atitudes, muito bem relacionado no meio politico, enfim, um grande gestor público.
    Um grande líder politico, que iria representar muito bem o nosso país, tanto no exterior, como aqui também.
    O nosso país é totalmente viável, só votarmos nas pessoas certas!
    O Alckmin, seria com certeza o meu candidato nas próximas eleições presidenciais, óbvio, se for candidato.
    Ele vem fazendo um grande trabalho, na administração pública, há muitos anos.
    Tenho acompanhado o seu trabalho e fico pensando; está ai um grande candidato a presidência do Brasil.

  • Parabens quanto a democracia de seu partido em deixar livre o voto. No senado ja se fala em novas eleições que e o certo para tirar essa corja de ladroes do poder inclusive o lider desta casa a qual pertence. Quem sabe um dia possa presidir e tornar mais descente. Meu conselho e nao se mistiri mais com pess
    oas queimadas pelo povo. Aecio Neves, Cunha, Temer e por ai vai. Sabio e quem ouvi como diz na.biblia

Deixe seu comentário!