mar 23, 2016 - câmara dos deputados    7 Comments

Café quase almoço da bancada

Fizemos um café da manhã com a nova bancada do PTN e, como já escrevi, conseguimos trazer parlamentares de vários partidos que acreditam no nosso projeto para um novo País. O encontro serviu para discutirmos as questões que estão tramitando na Casa. Uma delas é a composição das comissões permanentes, a serem definidas na semana que vem. A Câmara tem 23 comissões permanentes, que discutem e votam projetos de leis que serão apresentados em plenário, emitem opinião técnica sobre o assunto, por meio de pareceres, além de decidir, aprovar ou rejeitar proposições sem a necessidade de passarem depois pela votação em plenário. Para a formação de cada uma, respeita-se o Regimento Interno da Casa, que estabelece a representação proporcional dos partidos e dos blocos parlamentares, incluindo-se sempre um membro da Minoria, mesmo que pela proporcionalidade não lhe caiba lugar. A escolha da presidência é feita do maior para o menor bloco representativo. Na última eleição, como nosso partido era pequeno, a gente não teve direito a nenhuma presidência, mas agora é bem possível que isso ocorra. Então, o café da manhã com a nossa bancada foi para definirmos os nomes que seriam indicados para as comissões, assim como quem iria ser o líder do partido, o líder do bloco. Estamos construindo um partido onde todos tenham oportunidade, até porque muitos saíram de legendas grandes porque eram apenas mais um, onde não podiam construir nada porque não eram ouvidos. O nosso objetivo é buscar o sonho de cada um. Enfim, com todo mundo falando, discutindo, concordando, discordando, de maneira bem democrática, o café da manhã terminou quase na hora do almoço (rs), mas foi muito gostoso, embora o tempo não tenha sido suficiente para debatermos tudo.

1dd6280e-7264-40c1-9911-a12fab2166ed (1)

Bancada do PTN se reúne para discutir questões em pauta na Câmara

Post sugeridos

7 Comentário

  • Em O Antagonista:

    “Tour d PTN

    O plano para salvar Dilma Rousseff, segundo a Folha de S. Paulo, “passa por inflar o número de ministérios de PP, PR e PSD, que receberiam cada um duas pastas. Até com o nanico PTN existe negociação para levar o ministério do Turismo”.

    O deputado Bacelar, do PTN, acusado de lavagem de dinheiro e peculato, pode organizar um passeio turístico à Papuda.”

  • Será que foi nesse café da manhã quase almoço que o PTN decidiu abandonar o povo e aceitar esmola do governo ???

  • Nunca a internet foi tão importante. Decisões tomadas, acordos, parcerias estarão registradas para posteridade e disponíveis a toda a população para que no momento em que forem depositar seus votos sejam em eleições municipais, estaduais ou presidenciais. Nós não deixaremos que esqueçam.

  • Negociou seu partido em troca de cargos na FUNASA, não posso acreditar nisso…
    Até você está se corrompendo, caramba não posso acreditar…
    Espero que isso não seja verdade. Estou vendo uma campanha sendo organizada para mostrar os políticos que estão traindo a nação, espero que seu nome não esteja entre os protagonistas dessa campanha…

  • Vc traiu o país?

  • Coerência mandou um abração, viu? Oportunista!!!

  • Por Felipe Moura Brasil:

    “Depois de demitir um afilhado de Temer da Funasa, o governo ofereceu o cargo a um petenista e, segundo a Folha, recebeu a “promessa de que 10 dos 13 deputados do PTN votarão contra o impeachment”. É a xepa da xepa.”

Deixe seu comentário!