jun 21, 2016 - câmara dos deputados    2 Comments

Arraial da descontração

Consegui sair uma noite para relaxar a mente, indo a um arraial junino em Brasília. Aqui têm muitas festas juninas, que são nas casas, bem diferente de São Paulo ou do Nordeste, aonde esse tipo de festividade costuma ocorrer nas ruas ou em grandes áreas livres. Vários deputados e senadores fazem arraial em suas residências. Como sou muito amiga do deputado Irajá Abreu, filho da ex-ministra Kátia Abreu (apesar do sobrenome, não somos parentes), fui no arraial na casa dela. Foi bem legal.  Muitos parlamentares marcaram presença. Tinha gente do PT, do PMDB, PSDB, enfim, fora do Congresso somos todos apartidários. Até o Tiririca esteve presente, animando o grupo com sua performance humorística. É difícil aqui, em Brasília, ter momentos de descontração, então, quando ocorrem é preciso aproveitá-los, porque eles são importantes para conhecer mais de perto as pessoas e arejar a cabeça. Eventos desse tipo são o nosso tônico de fortalecimento contra tudo o que topamos pela frente. Como já disse, no Congresso há muita rivalidade, muita disputa e precisamos estar fortes mentalmente pra não sucumbir. Não sei vocês, mas eu acredito que olho gordo derruba, por isso, sempre que posso busco momentos de relax para me fortalecer, e, é lógico, me distrair, porque parlamentar também é gente, viu?

arraial em brasilia

Post sugeridos

2 Comentário

  • Concordo plenamente com o cidadão, “essa é diferenciada”.
    Tem demonstrado ser muito envolvente nas coisas públicas, desenvolve seu trabalho com muita seriedade e competência.
    Com um senso politico impressionante.
    Escolheu a profissão certa, gosta do que faz, isso faz a diferença.
    Ainda quero vê-la prefeita ou governadora de São paulo, torço muito por isso.

  • Boa noite!
    Espero que a festança seja boa. Também são seres humanos e têm o direito á descontração. Na próxima semana, iniciarão as votações na Comissão Especial e seguidamente n Câmara, do Marco Regulatório dos Jogos no Brasil. O deputado Guilherme Mussi elaborou um bom relatório. Sei que Vossa Excelência é a favor desse legalização, assim como a colega Cristiane Brasil, que inclusive faz parte da Comissão, e estampa alegria na foto. Ambas têm comprometimento com o desenvolvimento do país. Torço do fundo do coração que consigam convencer suas respectivas bancadas e parceiros a votarem a favor. Temo que a hipocrisia e o moralismo não deixe andar o projeto. O país precisa de empregos, atrair turismo e receita para os serviços públicos. É fácil para um moralista, na Câmara, Senado ou Ministério Público, que ganha mais de trinta mil por mês, ser contra a legalização. Não dependem dos serviços públicos aos quais o tributo do jogo seria destinado e estão bem empregados. Confio na senhora, Renata Abreu. Confio no que disse em seus programas políticos. Pode parecer mentira, mas quando a Propaganda Eleitoral Obrigatória anunciou que o dia seria do PTN, aguardei por seus pronunciamento, e disse a minha família: “nessa eu confio”. Confiar em político é difícil, mas quando podemos observar o trabalho que alguns fazem, nunca envolvidos em falcatruas, empresariando, lutando por igualdade, como a nobre deputada faz, ah, isso é gratificante. Que Deus a ilumine.

Deixe seu comentário!