Xadrez no escuro

E aqui o clima está pegando fogo, pra variar, né? Gente, se vocês soubessem como são feitos os cálculos de proporcionalidade para a formação dos blocos partidários, ninguém acreditaria na matemática que é feita. Ontem, juro pra vocês, fiquei umas 3 horas fazendo simulação na intranet da Casa. A formação do bloco (união de partidos) muda muita coisa aqui. Muda, por exemplo, um pedido de votação nominal, que só com 30 e poucos deputados pode ser feito, muda a quantidade de destaques a que se tem direito, muda o cargo que se tem na mesa diretora, ou seja, são muitas combinações. xadrez no escuroÉ uma partida de xadrez que se joga no escuro, porque, como disse em post anterior, a política é uma nuvem, a cada hora tem uma forma diferente. Até pouco tempo atrás, a eleição do Rodrigo Maia à presidência da Câmara estava consagrada, mas, aí, se lançaram vários concorrentes avulsos, como Rogério Rosso e Júlio Delgado, desmembrando um pouquinho a disputa, o que acabou fortalecendo a candidatura do Jovair Arantes. Isso mostra como a cada minuto há uma coisa nova surgindo. É impressionante como tudo muda rapidamente por aqui.

Post sugeridos

Deixe seu comentário!