maio 12, 2016 - câmara dos deputados    2 Comments

Uma semana ‘morta’

Esta semana aqui na Câmara foi ‘morta’. Aliás, faz duas semanas que estou tentando quórum para a Comissão de Direitos Autorais, na qual sou relatora, e não consigo. O plenário também não teve nada. Todo mundo só ficou de olho no Senado, que nesta madrugada aprovou a instalação do processo de impeachment contra a presidente Dilma, que hoje se afasta do poder por 180 dias. Quanto à questão da presidência da Câmara, a gente não sabe se o Waldir Maranhão vai continuar ou renunciar (após aquela decisão monocrática de anular o processo de impedimento da Dilma, que ele próprio revogou 12 horas depois). Acho até que já há um movimento para que ele permaneça no cargo, porque a renúncia geraria outra instabilidade enorme na Casa. Então, tudo muito nebuloso no Congresso. A única coisa boa que rolou foi a reunião da Frente Parlamentar Mista da Internet Livre, na qual fui eleita coordenadora do Estado de São Paulo. A gente vai estar trabalhando com muito afinco para aprovar a PEC 185, de minha autoria, para tornar o acesso à internet um direito fundamental de todos os brasileiros.

pec 185

Fui eleita coordenadora de SP da Frente Parlamentar da Internet Livre

 

Post sugeridos

2 Comentário

  • Dra., contamos com vc nesta briga com as operadoras para não reduzir ou cortar a internet nos impondo limites. Precisamos que as agências de regulação estejam do lado do povo e não das empresas que fiscalizam. É assim em todas as agências: Anatel, Aneel, Anac, etc…

  • Uma sociedade democrática estará sempre ao lado dos direitos humanos, em defesa no combate a fome, as doenças e a ecologia.
    O uso da internet deve está inserido nisso, porque é um direito do cidadão de ficar em contato com a tecnologia e com o que passa no mundo.
    A informação é tudo na vida moderna, eu sou viciado em noticias, todos os dias passo uma olhada em todos os jornais do país, alguns de outros estados, também.
    Essa é a maior herança que recebi de meu pai, ele lia vários deles, também.
    Fico imaginando como era a vida sem o computador e sem a internet, quando fico longe do meu computador, muito raro de acontecer, fico igual uma bola vazia.
    Acho que os projetos desenvolvidos pelos políticos deveriam ser para agregar valores a sociedade, igual a esse que vai proporcionar um crescimento continuo na vida das pessoas.
    Parabéns pela brilhante ideia, deputada.

Deixe seu comentário!