Tagged with " rodrigo maia"

Ligado não é ser aliado

Tem uma coisa que me chamou muito a atenção na eleição da Câmara: a galera vinculando os candidatos ao Eduardo Cunha. Fulano é aliado do Cunha, Sicrano é o candidato dele. Gente, vamos acordar e ser sensatos! O Cunha foi o presidente da Casa por mais de um ano. Todo e qualquer deputado tinha relação com ele, não tem como negar esse convívio, afinal, ele era o presidente da Casa. E foi um bom comandante, independentemente das questões pessoais dele. Agora, é puro delírio ficar dizendo que o cara que concorreu ou quem ganhou era aliado dele. Isso é besteira! Eu não vejo hoje, falando em bastidor, essa pressão do Cunha sobre a Casa como costumam falar por aí. Sinceramente, eu não vejo isso. O próprio Rodrigo Maia, que durante a campanha foi tratado como opositor de Cunha, era ligado ao ex-presidente, foi o relator da Reforma Política, presidiu importantes comissões da Casa, ou seja, teve muito apoio do Cunha nessa legislatura. O Rogério Rosso também tem amizade com Eduardo Cunha. Enfim, a maioria dos deputados tinha ligação com ele, justamente pela questão da presidência da Câmara. É a mesma coisa que uma empresa, onde todos os funcionários, de um modo ou de outro, têm ligação com o presidente. Ter ligação não significa ser aliado.

rosso e maia

Rosso e Maia disputaram o 2º turno para presidente (Foto: J.Batista)

Quem vai ocupar a cadeira?

Todo mundo me pergunta quem vai ocupar a cadeira da presidência da Câmara. Está difícil fazer uma previsão. A bolsa de apostas muda a cada hora, porque a cada hora surge um fato novo, um nome novo. O PSDB tem um papel grande nisso e até agora não se definiu. Eu acho que o Rogério Rosso (PSD-DF) está bem cotado, o Fernando Giacobo vem trabalhando bem, tem Rodrigo Maia (DEM-RJ), o Marcelo Castro (PMDB-PI), enfim, os partidos grandes acabam tendo peso, embora não esteja em jogo os demais cargos da Mesa Diretora e nem as composições nas comissões permanentes e especiais da Casa, pois se trata de um mandato-tampão de presidente (por causa da renúncia do Eduardo Cunha), que vai só até fevereiro. Fora isso, a votação de hoje é secreta e o voto é muito pessoal, então, não tem como prever o resultado. Posso dizer apenas que vai ser uma disputa bem difícil. E nesse jogo legislativo eleitoral, tem até um bolão de quem vai ter menos votos. Afe, essa eu quero ver. Façam suas apostas!

Cadeira do presidente da Câmara dos deputados e deputadas, com o brasão da República. Foto Orlando Brito

Hoje, saberemos quem ocupará essa cadeira até 2017 (Foto:Orlando Brito)

Candidato por metro quadrado

Que bagunça nesta Casa! A cada minuto surge um candidato à principal cadeira da Câmara dos Deputados. Tem um candidato por metro quadrado. É impressionante como política é uma nuvem mesmo. Diziam que os mais fortes eram Rodrigo Maia (RJ) e Rogério Rosso (DF) e, do nada, surgiu a candidatura do Marcelo Castro (PI), com comentários que ele concorreria com o apoio do Lula, do PT e do PCdoB. Há boatos também de Orlando Silva (PCdoB-SP) colocar seu nome na disputa, o que dividiria ainda mais os votos. A cada instante o cenário muda e por aí vamos indo até meio-dia, quando se encerra o prazo para o registro de nomes à presidência da Câmara, cuja eleição acontece hoje, a partir das 16h.

cabine de votação

Cabines para a votação secreta já estão instaladas no plenário

 

A 1ª vez, a gente nunca esquece

Foi demais! Presidi a sessão da comissão especial da Reforma Política. O presidente Rodrigo Maia precisou se ausentar no meio da reunião e me chamou para ocupar seu lugar. Minha primeira experiência. Foi muito legal, admito que fiquei totalmente perdida (afinal, foi a primeira vez, né?), mas deu tudo certo. No fim, teve um requerimento convidando os presidentes nacionais dos partidos para irem lá, obviamente os grandes partidos. Já fiquei brava na hora e comecei minha manifestação para que os pequenos partidos também sejam convidados. No geral, foi ‘ma-ra-vi-lho-so‘ presidir a reunião. Amei!!!

Páginas:«1234