Celular, meu amigo inseparável

E nesses dias de muitas articulações no Congresso, com a proximidade do término da janela de transferência, não se pode perder um minuto sequer. Se a fome aperta, dá-se um jeito de comer; se os pés não aguentam mais, tira-se os sapatos. O que não dá é para ficar longe do celular! (rs)

Post sugeridos

Deixe seu comentário!