fev 25, 2016 - câmara dos deputados    8 Comments

Semana do ‘pega pra capar’

Eu nem preciso falar qual é a pauta desta semana na Câmara dos Deputados, né? Janela partidária. Estão todos os deputados conversando. É um ‘pega pra capar’, um verdadeiro leilão. Terrível! Os partidos grandes, consolidados em sua forma de fazer política, estão, literalmente, no atacado, comprando parlamentares. Uma vergonha! Eu estou aqui, construindo, tentando trazer pessoas que queiram participar de um projeto maior, que sonham com um Brasil grande, e a receptividade tem sido bem positiva. Temos tido algumas adesões, estou muito feliz, embora estes meses iniciais de 2016 não têm sido fáceis. Ano eleitoral, e eu, como presidente estadual do partido, tendo de me desdobrar em muitas para atender os pedidos dos vereadores, que querem minha presença, assim como também de toda a base. É muita bucha, muita coisa para resolver. Sábado e domingo trabalhei de manhã até tarde da noite. Estou extremamente cansada física e mentalmente, e ainda tenho de ouvir críticas infundadas. Como vocês devem saber, o nosso programa partidário foi ao ar na semana passada e, para quem não conseguiu ver na TV, postamos o vídeo nas redes sociais. Amigos, como tem gente que entra no Facebook só para xingar. Um escreveu ‘Mais uma cobra se passando por boazinha’. Sabe aquelas pessoas que nem te conhece, não conhece sua história, alienadas e que se limitam a xingar por xingar só porque você é política? Ah, não aguentei. Entrei na minha página e fui rebatendo e retrucando cada ofensa. Fico revoltada com isso. Adoro receber críticas construtivas, adoro trocar ideias, responder questionamentos, esclarecer dúvidas, enfim, manter um relacionamento sadio e construtivo pelas redes sociais. Agora, xingar por xingar é muita ignorância. Desculpem o desabafo, mas minha revolta é grande com esse tipo de comportamento.

Post sugeridos

8 Comentário

  • O carinho com que trata as pessoas, a felicidade em cada encontro, em cada abraço, o sorriso de alegria estampada no rosto, tudo isso só tem um caminho; a Prefeitura de São Paulo ou o Palácio dos Bandeirantes.
    Governadora ou Prefeita de São Paulo, quem viver, verá!!!

  • Vi essa frase em algum lugar, não guardo na memória onde foi que vi;
    “País rico não é aquele que o pobre anda de carro, mas aquele que o rico anda de transporte público”.

  • Certa ocasião e já faz muito tempo, em uma viagem que fiz ao velho continente, quando estávamos em uma grande cidade de um país europeu, deparamos em um metrô com o Mario Soares, que na época era primeiro ministro português.
    Ficamos impressionados de vê-lo andando de metrô, no meio do povo, já que era um politico famoso no país.
    Foi aí que um amigo me alertou, estamos na europa, aqui a cultura é outra, politico aqui anda no meio do povo.

  • Na Alemanha montaram um curso de “educação cívica”, para serem ministrados aos refugiados da Síria, que chegaram recentemente ao país.
    Esse curso contém; parte das leis que regem o país e os refugiados vão terem que se adequarem a ela, está inserido no curso, também, a boa convivência que vão ter com os alemães, a cultura alemã, seus valores, conceitos e o aprendizado da idioma alemão, que diga-se passagem é bastante difícil de aprender, etc.
    São fatores importantíssimo para quem chega a um país e quer viver por lá muitos anos, já que as leis de lá são muito rígidas para quem tentar descumpri-las.
    Aqui no nosso país, recebemos sempre pessoas de outras nacionalidades, recebemos refugiados da Síria, também e, até agora não foi feito nada para que se adeque ao nosso país.
    São esses pequenos detalhes que fazem da Alemanha uma grande nação, os gestores de lá, estão atentos a tudo, são envolventes, nos pequenos detalhes demonstram suas capacidade.
    Lá, cidadão, seja de lá ou de outra nacionalidade não podem fazerem tudo que derem na cabeça, tem regras, normas e leis a serem cumpridas e respeitadas.
    A disciplina e o respeito é tudo numa nação e num povo, onde falta isso, não há progresso, não há desenvolvimento.

  • Já fui chamado de radical, que na política a melhor resposta é aquela que você mesmo constrói para responder, nunca responder aquilo que lhe perguntem ou falem, certa vez ouvi estas palavras do Ministro de Segurança dos EUA nos anos 60, “quando vou ser sabatinado por jornalistas, me concentro em responder o que eles me perguntam e respondo o que eu gostaria de ter ouvido”. Portanto, enquanto nós não investirmos na Educação, continuaremos ouvindo a ignorância.

  • Por favar,

    vote contra esse projeto que entrega de mão beijada o pré-sal para os americanos.

    Descobrimos, desenvolvemos tecnologia para explorar águas profundas e agora damos para os gringos!

    Reúna forças. Lute pela independência do Brasil.

    Obrigado

  • Convenhamos, janela partidária é sinônimo para negociação nesses moldes. Compras no atacado ou no varejo. Quem der mais, leva. Dinheiro ou promessa de candidatura.

    Em 95% dos casos. Pq sempre há gente altruísta, em qq meio.

  • Deputada, o homem é produto do meio em que vive.
    Veja o tamanho da confusão que está o nosso país, as noticias que chegam na parte da manhã, logo que acordamos, na parte da tarde e no cair da noite, quando estamos preparados para dormir, óbvio, são desastrosas, desanimadoras, muito tristes.
    Infelizmente, embora a senhora seja diferente, tem demonstrado isso no dia a dia, está no meio politico, faz parte do processo.
    Sou totalmente contra a pessoa, generalizar os fatos e as pessoas, mas acontecem, tem gente que não tem poder de discernimento e generaliza, o que é totalmente errado.
    Ao invés de falarem; uma parte deles são complicados, optam por falar, todos são complicados e, não deveria ser assim, deveriam separar o joio do trigo.
    Acho que o que importa na vida é a “reta intenção”, a senhora tem passado a seu publico uma verdade, que as vezes doe, mas que é necessário de passar e de saber.
    Tem muitas coisas que preferiria não saber que acontece aí na câmara, mas através do seu blog, ficamos sabendo, admirados, muitas vezes perplexos, atônitos, mas muito satisfeito com a sua coragem para mostrar a verdade.
    A verdade é tudo num país, numa organização e na vida de um povo, porque ela indica e mostra o caminho certo a seguir, a referência.
    A sua verdade nos mostra que o nosso país tem solução e nos enche de orgulho de saber que embora pequena, sua participação, ainda temos em quem confiar e acreditar.
    Já demonstrou que não gosta e nem participa de confusão.
    Acredite, a senhora é um fio de esperança, aí na capital federal.

Deixe seu comentário!