set 7, 2015 - câmara dos deputados    3 Comments

Roupas geram polêmicas

Tem um grupo de deputadas liderado pela Cristiane Brasil (PTB-RJ) que pretende criar um padrão de vestimentas para as mulheres que transitam na Câmara. A pedido dela, a Mesa Diretora da Casa vai elaborar um projeto com regras para ‘evitar excessos’ nas dependências da Casa. Por se tratar de uma questão administrativa, o projeto não tem que ser apreciado pelo plenário, podendo ser votado pelos próprios integrantes da Mesa. Só que assunto virou polêmica, porque querem proibir, por exemplo, saias acima do joelho, braços à mostra, decotes e outras regras. Algumas parlamentares já reclamaram. Elas até vieram pedir meu apoio para que a Mesa não aprove isso, mas eu, praticamente, passei a semana passada focada no Senado, nas votações da Reforma Política, e não me envolvi nessa questão das roupas femininas.  Aliás, alguns deputados estão muito chateados (kkkk) com a proposta da Cristiane Brasil.

Post sugeridos

3 Comentário

  • Realmente vemos excesso, mas o excesso depende da visão de cada um. E fica uma pergunta, sendo a Câmara dos Deputados a Casa do Povo, como farão as pessoas que muitas vezes não têm recursos para comprar roupas? Elas ficarão impedidas de entrar e falar com seu deputado? Entendo que colocar regras para roupas no Plenário pode até ser aceitável, mas nas demais dependências pode gerar constrangimentos desnecessários e o restringir o direito do povo.

  • A Cristiane Brasil (PTB-RJ) está coberta de razões em propor disciplina e moderações no uso de roupas, é ridículo algumas mulheres que prestam serviço público e principalmente em um lugar como este usarem roupas provocantes colocando seu corpo mais sensual, acredito não ser o local ideal para estes profissionais. Sendo assim o Tiririca deveria ir vestido de palhaço e outros conforme suas personalidades.

  • Por que isso? Esta havendo excessos por parte das mulheres na câmara? Perderam o senso ou simplesmente implicância?

Deixe seu comentário!