set 30, 2015 - câmara dos deputados    3 Comments

 Queda de braço

A Dilma sancionou a Reforma Política, mas vetou alguns itens e isso vai incendiar ainda mais o clima no Congresso. Ela vetou o financiamento privado nas campanhas eleitorais. E não o fez porque é moralista, não, até porque sua campanha à reeleição foi financiada por empresas. Aliás, foi uma das mais beneficiadas pelo financiamento empresarial. O veto presidencial teve por justificativa a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que semana passada considerou esse tipo de doação inconstitucional. Só que vem o chumbo grosso: o Eduardo Cunha é totalmente a favor do financiamento privado. E ele já havia dito que, se a presidente vetasse esse item, convocaria uma sessão extraordinária do Congresso (aquela em que deputados e senadores votam juntos) para derrubar o veto da Dilma. Só que Renan Calheiros, presidente do Senado, também já falou que não irá colocar em pauta a questão desse veto presidencial. Então, estamos diante de uma queda de braço envolvendo os presidentes das duas Casas Legislativas e, curiosamente, do mesmo partido. Façam suas apostas: quem vence essa guerra?

Post sugeridos

3 Comentário

  • Não importa quantos forem os partidos políticos, mas que haja um só pensamento de um Brasil melhor para todos.
    Que sejam respeitadas as limitações, capacidades e as razões de cada pessoa.
    Paira no ar um sentimento novo nessa grande nação, mesmo diante de tantas mazelas, o país vai sair fortalecido.
    As grandes nações que passaram por guerras, hoje, são exemplos para o mundo.
    Estamos em uma guerra diferente; de falta de moral , de falta de ética, de caráter, de falta de patriotismo, de falta de respeito, de falta de amor ao próximo, de divida social, etc.
    Mas vamos vencer, vamos sair mais fortalecidos dessa crise, todos que amam essa grande nação que é o Brasil.
    Nosso país é muito maior, que os que atentaram contra ele!
    Não podemos perder a esperança, sendo atleticano, eu acredito sempre.

  • Dep. Renata, sou do Rio de janeiro mas acompanho seu blog pela clareza e transparência que diz sobre o que ocorre em Brasília. Infelizmente estamos em um repleto de maus parlamentares onde o interesse próprio prevalece, quero lhe parabenizar pois vc parece ser um vento que age em sentido contrário, na busca do interesse coletivo e da sociedade.

    Quanto a Presidencia das Casas, estamos perdidos, Eduardo Cunha é o que há de pior na política nacional(seu histórico fala por si), infelizmente quer o poder pelo poder…e não há opção

  • Acho que mais uma vez o Cunha usa a Câmara para lutar pelos seus objetivos pessoais. Se continuar assim em breve perde a credibilidade

Deixe seu comentário!