jul 3, 2015 - câmara dos deputados    4 Comments

Onde vamos parar?

Estava vendo os ataques que a presidente Dilma Rousseff está sofrendo pelas redes sociais. Há ofensas horríveis, desenhos chocantes com a imagem dela, comentários com palavras chulas e de baixo nível. Eu nunca fui petista, nunca votei no PT, mas acho que a gente não pode se esquecer que ela é um ser humano e, que, independentemente do cargo que ocupa, é mulher, mãe e avó, tem família. Fico muito triste quando vejo esses ataques, que atingem não só a ela como também toda sua família. Somos seres humanos e temos de pensar no outro, respeitá-lo sempre e acima de tudo. Hoje atacam a Dilma, amanhã pode ser qualquer um de nós, eu, você, sua família. Isso não pode continuar. Ofensas pessoais, caricaturas ridicularizando-a, onde vamos parar? Não compactuo disso, seja com quem for, e fico realmente muito triste e chocada que algumas pessoas se sintam bem fazendo esse tipo de manifestação deprimente. Lamentável!

 

Post sugeridos

4 Comentário

  • A vcs q gostam d dar respostas à população considerando a maioria: http://tinyurl.com/px7dcw8

  • Renata,

    Também pergunto, aonde vai parar este mal que o governo Dilma está fazendo ao Brasil?

    Por erros dela muitas mães, tias, avós … Pais …. Filhos… Estão sofrendo bem mais do que um xingamento ou uma caricatura … Só fere a quantidade de pessoas que estão perdendo o emprego .. Ou o sofrimento das famílias ao tentar usar o nosso sistema público de saúde … Isso é bem pior do que qualquer caricatura ou xingamento.

    Sinceramente não fico com nenhuma pena da Dilma, afinal eles não têm nenhuma pena dos mais pobres ao adotar políticas que só visam a manutenção do poder e o populismo barato ….

    Abraço

  • Complementando, procurei explicar e não justificar. Não concordo com o nível de xingamento que foi utilizado, mas concordo com as vaias..

  • Se você pensar, esse ódio é recente.
    Isto não ocorreu durante o 1º mandato dela.
    Atribuo a culpa ao Lula, que durante a última campanha vociferava “nós” e “eles”.
    Ele chamou de elite quem não votava nela e por aí vai.
    O Lula implantou a radicalização na nossa política e como o início do mandato foi só coisa ruim e comprovação das mentiras de campanha, pronto.
    Acho que é um caminho sem fim, pelo menos enquanto ela estiver no poder.

Deixe seu comentário!