ago 17, 2016 - câmara dos deputados    5 Comments

Lei dura para extinguir a corrupção

A corrupção é sempre tema em qualquer discussão política no Brasil. Não podemos fechar os olhos para essa triste realidade: ela está encrustada no País desde os tempos do Brasil colônia. É a cultura de desmandos, é o famigerado jeitinho brasileiro. Por isso, não tenho dúvidas que, neste segundo semestre na Câmara, o principal assunto vai ser o Pacote Anticorrupção, de autoria do Ministério Público Federal e que recebeu apoio de mais de 2 milhões de brasileiros. As 10 medidas (veja a imagem abaixo) estão sendo analisadas por uma comissão especial e, segundo o cronograma de trabalhos, o projeto entrará em votação no plenário antes de 9 de dezembro, Dia Internacional Contra à Corrupção. Tomara! Porque a corrupção mata, tira dinheiro da Saúde, da Segurança, da economia, do povo brasileiro. Pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira – Problemas e Prioridades para 2016, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria em janeiro, mostra que 65% dos brasileiros consideram a corrupção o principal problema do País. Mas até chegar em plenário muita água vai rolar. Eu tenho fé e esperança que a comissão vai mergulhar de cabeça nesse trabalho, promovendo intensos e proveitosos debates, audiências públicas, ouvindo a sociedade civil, para definir as formalidades legais e sua aplicabilidade no processo penal. Gente, se queremos pôr um fim a esses escândalos que mancham a história deste País, temos de combater a corrupção, com controle efetivo, transparência, repressão e punição, assegurando o retorno rápido aos cofres públicos dos recursos desviados. Só com uma lei dura vamos coibir e extinguir essa abominável prática de receber vantagens indevidas. A hora é essa! Doa a quem doer, mas lugar de corrupto é na cadeia.

medidas corrupcao

 

Post sugeridos

5 Comentário

  • Deputada, como falar em lei dura contra a corrupção se vocês mantêm Eduardo Cunha como um dos seus? Temer, inelegível pelo TRE/SP ocupa a presidência da República? Como? Por favor, deputada…

  • Quando falarmos em corrupção -e com razão- devemos te a coragem de falar em SONEGAÇÃO, que atinge, anualmente, valores infinitamente superiores a qq. caso de corrupção no Brasil desde 1.500. Mas poucos políticos – eu diria nenhum – tem a coragem de mexer nesse vespeiro, pois os grandes sonegadores quem são? São as grandes empresas, conglomerados financeiros, meios de comunicação -A Globo já pagou o que deve pela Copa de 2002? Acho que não – multinacionais e esses grupos são os grandes anunciantes. Logo, jamais serão incomodados.

  • Mas como conjugar esse apoio às medidas anti corrupção e o apoio ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha?

    Deputados não são idiotas, eles sabem o que é o Cunha.

    E isso é apenas um exemplo, o mais emblemático. Há n outros exemplos de apoio a corruptos pelo parlamento.

  • Como ética e moral devemos aprender em casa, na escola e devemos levar pela vida, agora nos 45 dias de campanha para as Eleições Municipais de 2016, nós candidatos a uma vaga de Vereador por São Paulo, estamos no momento propício para apresentarmos quem realmente somos à população, nossos valores, nossos objetivos e o nosso verdadeiro desejo de contribuir para uma cidade melhor, limpa, livre da corrupção na política e nos serviços públicos.
    Eu, NOEMIA FONSECA, sou essa pessoa comprometida com as mudanças, com a defesa e a solução das questões prioritárias que a vontade popular aponta de forma justa e urgente. eu, NOEMIA FONSECA desejo melhOrar São Paulo….

  • Só com leis duras pra os corruptos é que a realidade política que nosso país se encontra pode mudar,ou caso contrário, nós, nossos filhos e os filhos de nossos filhos iremos pagar caro em um país que hoje é corrupto e o seu governo, sem exagero, posso dizer sem medo de errar, pode se transformar em uma ditadura, pois assim quase já se encontra com tanta impunidade.

Deixe seu comentário!