mar 8, 2016 - câmara dos deputados    2 Comments

Juntas, decidimos melhor!

noticia (1)Gente, sábado participei de um evento maravilhoso na Assembleia Legislativa de São Paulo, o Fórum Sua Voz, Sua Decisão!, realizado pelo PTN-Mulher para incentivar a participação da população na política. Escolhemos três temas polêmicos, dois dos quais sou a relatora, um é sobre vagão exclusivo para mulheres nos trens e metrô e o outro é sobre a castração química para estupradores. O terceiro é a obrigatoriedade de boletim de ocorrência para vítimas de estupro terem direito ao aborto legal, que já foi aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania e em breve vai entrar em votação no plenário. O público foi sensacional, composto por mulheres de comunidades, de entidades e de vários segmentos da sociedade, que aceitaram o convite para discutirmos esses projetos de lei e tomassem em conjunto a decisão do meu voto no Congresso. Para dar embasamento técnico, foram convidados profissionais de áreas específicas para analisar cada proposta pelo campo de visão de suas experiências profissionais e de suas vidas. Um médico para falar da castração química, uma escritora vítima de estupro parental, uma delegada da Delegacia da Mulher, duas advogadas e uma representante do Metrô. Foi bem legal. Interessante que o público tinha um posicionamento pré-definido, mas, após as discussões, com microfone aberto para quem quisesse falar sobre o que pensa, muitas opiniões se modificaram. No caso do vagão feminino, por exemplo, no começo a maioria era totalmente a favor, mas, quando a mesa expôs sua visão e algumas mulheres falaram tratar-se de segregação, de discriminação, como se a mulher fosse a culpada pelos casos de assédio sexual e constrangimento nos vagões lotados e, por ser considerada a culpada por isso, tinha de ser isolada, a situação no auditório mudou. A maioria votou contra o projeto.  Esse foi o primeiro fórum de muitos que iremos fazer, porque é assim que se faz, dando ao povo o seu direito de expressar e decidir em consenso como votar na Câmara. Queremos cada vez mais incentivar a participação popular na escolha de nosso voto, porque às vezes as pessoas, por não estarem no calor das discussões, não entendem o motivo de votarmos assim ou assado, justamente porque não participam dos debates. Então, é interessante levar os argumentos para a população e criar mecanismos, como esse fórum, para que ela participe. E que se respeite a decisão da maioria. Um passo muito importante para a democracia direta foi dado nesse fórum, porque juntas decidimos melhor. Foi sensacional mesmo!

forum

Fotos: Alexandre Diniz

Post sugeridos

2 Comentário

  • Ola Deputada Renata,
    Recebo suas newsletters e gostaria de dizer que aprecio muito o trabalho que a senhora realiza. Sei que a situacao no nosso querido pais esta muito dificil e que manter a esperanca com a atual conjuntura eh muito dificil. Mas eh lendo os seus relatos e suas opinioes (que nem sempre estou de acordo) que me motivo e sinto que o Brasil tem jeito. Moro fora do pais ha anos ja, mas nunca deixo de acompanha-lo. Retorno sempre que posso. Um dia espero retornar e nao querer deixa-lo mais. Tenho fe que com mais pessoas como a senhora na esfera politica, esse sonho meu um dia se realize…
    Um abraco, Andressa

  • É a primeira vez em meus 32 anos de vida que eu vejo um deputado federal perguntar à população como ele deveria votar. Sensacional Deputada! Essa atitude eu aplaudo de pé!
    Só precisamos eleger mais 511 deputados como você e aí conseguiremos mudar nosso país.

Deixe seu comentário!