jun 30, 2015 - câmara dos deputados    5 Comments

Hoje, o bicho vai comer…

Hoje, vai ser votada a redução da Maioridade Penal. E o clima está muito tenso aqui. Quem é contra a redução para 16 anos começa a fazer um movimento muito grande, tem feito muito barulho por aqui, mandando carta, mandando pessoal para fazer pressão. E, incrível, quem é a favor não se mobiliza. E isso acaba contagiando, sabe. Eu vi isso acontecer quando da votação da Coincidência das Eleições. Era uma coisa que eu jurava que seria aprovada em plenário e, do nada, começou um contra, outro contra, um movimento forte do contra e, por fim, não passou. Então, hoje, horas antes do início da votação da Maioridade Penal, o clima é bem parecido. Antes, todo mundo era a favor da redução para 16 anos, mas agora começa uma discussão em torno de ‘ene’ coisas, o governo já se manifestou contra, há centenas de estudantes no entorno do Congresso, mobilizados para presionar a Câmara contra essa maioridade penal. Hoje, o bicho vai comer aqui…

Post sugeridos

5 Comentário

  • Deputada, bom dia!

    Na última eleição votei em você e admiro muito o seu trabalho, todavia não entendi o seu posicionamento na votação do projeto de redução da maioridade penal você votou SIM, quais os seus argumentos jurídicos para tal posicionamento.

  • Dep. Renata, a senhora se posiciona a favor ou contra a redução da maioridade penal, e por quê?

  • Sabe pq quem é a favor não se mobiliza? Porque nem eles acreditam que a redução melhore alguma coisa para a sociedade. Quem não acredita numa tese não a defende com unhas e dentes. Quem sabe o que os jovens vão sofrer e têm sensibilidade, condenam apaixonadamente a redução da maioridade penal. Aviãozinho de droga na favela vão pra cadeia, enquanto os seus cooptadores traficantes endinheirados ficarão soltos.

    PS: Faça um twitter. A comunicação é instantânea.

    • Leandro,

      “Sabe pq quem é a favor não se mobiliza? Porque nem eles acreditam que a redução melhore alguma coisa para a sociedade. Quem não acredita numa tese não a defende com unhas e dentes.”

      Segundo diversas pesquisas, 85% dos brasileiros são a favor da redução da maioridade pena. Veja: http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/87-dos-brasileiros-sao-a-favor-da-reducao-da-maioridade-pen.

      Acho que você confunde fazer militância com acreditar em uma tese.

      “Quem sabe o que os jovens vão sofrer e têm sensibilidade, condenam apaixonadamente a redução da maioridade penal.”

      E quanto as vítimas? O que dizer à família que foi vítima de um jovem homicida e estuprador? Não deveríamos exercitar a nossa sensibilidade nos preocupando com o sofrimento das vítimas e nos preocupando em proteger a sociedade de bem?

      “Aviãozinho de droga na favela vai pra cadeia, enquanto os seus cooptadores traficantes endinheirados ficarão soltos.”

      A proposta era a redução da maioridade penal apenas para crimes hediondos. O aviãozinho de droga continuaria a ser tratado como criança.

  • Infelizmente, aqueles que realmente sofrem e que são as verdadeiras vítimas da violência cometida pelos menores (pessoas pobres, moradores das periferias) não têm tempo nem recursos para fazer tal movimentação.

Deixe seu comentário!