Galinhada tem de continuar

O meu amigo Fabinho Ramalho (PMDB-MG) foi eleito 1º vice-presidente da Câmara. Trata-se de um deputado bem articulado, trabalhador e determinado, que se dá com todo mundo na Casa. Isso já seria suficiente para explicar sua vitória, mas tenho aqui comigo que ele ganhou os parlamentares também pelo estômago. O Fabinho, ao longo desses dois anos e pouquinho da atual legislatura, foi o nosso salvador nas longas sessões em plenário que se arrastavam madrugada adentro. Quando a nossa barriga já se encontrava em estado de debilidade extrema, provocada pela falta de alimentação, ele surgia do nada na sala do cafezinho, ao lado do plenário, com uma galinhada saborosíssima ou outros pratos da culinária mineira. Nem preciso dizer que os deputados avançavam nas panelas como formigas num açucareiro. Como, com certeza, teremos muitas sessões corujas neste ano, espero que o agora vice-presidente da Câmara não abra mão dessa sua missão paralela e continue, nessas ocasiões, a salvar o estômago dos famintos deputados.

comida fabinho 1

A galinhada do Fabinho sempre chega em boa hora

Post sugeridos

Deixe seu comentário!