nov 13, 2017 - câmara dos deputados    No Comments

Brasil precisa se valorizar

Estive fazendo uma grande reflexão do Brasil. Viajei recentemente para os Estados Unidos, um país onde as coisas funcionam. Não tenho a menor vontade de morar lá, já até morei, tenho vontade mesmo é que o Brasil seja um país melhor, por isso minha reflexão. O que temos de fazer para o nosso país evoluir? Precisamos discutir a política macro, discutir o Brasil como um todo, parar com esse populismo barato. Obviamente que tudo isso passa pela Educação, temos de trabalhar, primeiramente, para erradicar o analfabetismo, não o ler e escrever, mas o analfabetismo social e cívico.

Quando estive nos Estados Unidos fiquei abismada ao saber que, depois dos norte-americanos, os brasileiros são os maiores investidores. Você chega naquele país e só têm brasileiros comprando, comprando e comprando. O brasileiro vai gastar lá. Paga 3 vezes mais lá, porque um dólar está R$ 3,30, paga-se muito mais caro lá, proporcionalmente. Fiquei me perguntando: qual seria o custo de um norte-americano passar férias no Brasil? É de graça! É 3 vezes menos. E por que eles não vêm? Porque têm uma cultura de gastar em seu país, para manter o dinheiro nos Estados Unidos. E o brasileiro vai gastar lá, vai deixar o dinheiro nos Estados Unidos!!! Então, tem uma questão educacional que os norte-americanos e os povos mais desenvolvidos sabem explorar muito bem o Brasil. Na verdade, o Brasil nasceu de uma colônia de exploração, e a gente precisa mudar essa cultura, precisa povoar o Brasil de vez, valorizar nossa indústria nacional, valorizar nossa Nação.

Desde que me elegi deputada, aliás bem antes até, nunca mais havia viajado para fora do país, sempre que tive férias fui para o Nordeste ou outras regiões brasileiras, eu gosto do Brasil. Fiquei assustada quando vi tanto de brasileiros fazendo compras e investindo nos Estados Unidos. Em vez de estimular o nosso turismo, trazer dinheiro para cá, aquecer nossa economia, a gente pega o pouco que tem, com essa crise, e vai gastar lá fora. Temos de ter mais cultura nacionalista, não acham?

Post sugeridos

Deixe seu comentário!