dez 23, 2015 - câmara dos deputados    15 Comments

Boas festas, amigos

Recesso. Como vocês sabem, o Congresso entrou em recesso, então, vou aproveitar os próximos dias para uma série de compromissos. Quem pensa que a gente tira férias, está enganado. Como passamos a maior parte do ano fora da nossa base política, é hora de revê-los. A agenda de dezembro foi intensa, com ações sociais nas comunidades carentes de São Paulo, e agora é hora de atender vereadores, secretários, que pedem emendas, recursos para suas cidades. Estarei trabalhando até o dia 15 de janeiro e depois vou curtir minha família, meus filhos, até o dia 25. Estou superfeliz porque terei 10 dias ininterruptos com as crianças. Assim, o blog fica de stand bye e voltamos no começo de fevereiro, atualizando vocês das novidades em Brasília. Aproveito para desejar a todos um Feliz Natal e um Ano Novo maravilhoso. Que vocês continuem acompanhando o nosso trabalho em Brasília. Considero muito significativa a participação de todos, porque lutar pelo Brasil não é só reclamar, mas entender o que acontece e opinar com conhecimento. Eu faço questão de registrar neste blog a minha visão, as minhas alegrias, as minhas tristezas, as coisas boas, as ruins, as críticas e as sugestões de vocês, que são sempre muito bem-vindas. Eu gosto de ler o que vocês escrevem, e espero, de verdade, que continuemos nessa interação saudável e muito importante para mim. Quero aproveitar esse momento para agradecer a todos os eleitores que confiaram em mim, que acreditaram que eu poderia ser uma boa representante de São Paulo no Congresso. Nem acredito que estou terminando um ano de mandato, realmente o tempo passou rápido, ainda mais um ano como este, conturbado, turbulento, talvez o momento mais difícil do Brasil, mas vamos lutar para que 2016 seja muito, muito, muito melhor que 2015. Muito obrigada a todos e Boas Festas!

boas festas

Post sugeridos

15 Comentário

  • Mais um Natal chegando e mais um ano indo embora. Que nos tenhamos aprendido com nossos erros, para assim, conquistarmos ainda mais vitorias no ano que vem. Boas festas para todos!

  • Falhas na montagem do projeto, falhas na execução do projeto e falhas no monitoramento da execução do projeto, podem ter contribuído para rompimento da barragem de rejeito em Mariana.

  • Para frear um pouco essa crise, que os entendidos dizem, vai se estender por alguns anos, as instituições deveriam diminuir os gastos.
    Governo, estados e cidades deveriam ter um plano para diminuírem seus custos, com um maior controle de seus gastos.
    O governo deveria estabelecer aos estados e municípios uma meta, uma percentagem de controle de gastos.
    Óbvio, que não poderiam cortar gastos nem na educação, nem na saúde!
    Tem vários gastos que poderiam ser diminuídos, como controle viagens, carros, diminuição de ministérios, diminuição de secretarias, etc.
    Como exemplo cito o ministério dos esportes, que poderia pertencer ao ministério da saúde, já que esporte é saúde.
    O ministério da pesca poderia pertencer ao ministério do do turismo e, assim por diante.
    Tem muitas maneiras de cortar custos sem prejudicar o andamento da maquina pública!
    Isso também vale para as secretarias estaduais e municipais, também.
    Só usar a criatividade que encontra uma maneira, sem trazer problemas com os cortes.

  • Alguns estados já estão implantando o “cartão de material escolar”, para os alunos de baixa renda.
    Acho que deveriam padronizar essa boa ideia, para todos os estados da federação.
    Parabéns aos idealizadores dessa grande ideia!
    São tantos impostos que cobram do povo, uma carga tributaria pesada, podem de certa forma retribuir um pouco que ganham.
    Investimento na educação dá resultados ao país, só vamos melhorar essa nação quando tivermos uma educação de qualidade, de excelência.
    Tudo, tudo na vida passa pela educação!!!

  • Binômio Saúde e Educação:

    Nos planos de saúde, observamos grande demora em conseguir uma consulta, no mínimo de dois meses, na rede pública de saúde as pessoas viajam mais de 200 quilômetros para fazer exames agendados, muitas vezes não conseguem fazer e tem que voltar para casa doentes, sem atendimentos.
    Até no atendimento particular as coisas estão ficando complicadas.
    O governo trouxe vários médicos de Cuba e parece que não foi o suficiente, a saúde continua um caos, só observar o que está acontecendo no Rio de Janeiro, com vários hospitais fechados por falta de condições.
    Na Alemanha a saúde não é de graça como aqui, por isso funciona e bem, aqui é de graça e não funciona, lá a educação é de graça, não existe escolas particulares como aqui.
    Entendo que “saúde e educação” deveria ser prioridades no nosso país!
    Não adianta falar que o governo dá saúde de graça, mas o que estamos vendo que ela não funciona, a saúde aqui sempre foi e está um verdadeiro caos.
    Esse ano é um ano eleitoral, óbvio, que os políticos vão falar a mesma ladainha de sempre; que vão melhorar a saúde e a educação!
    Desde que entendo por gente, vejo esses discursos, principalmente em anos eleitoral, essa promessa é antiga e não se resolve nada.
    Podem observar nos discursos políticos, na sua maioria esse binômio saúde e educação andam juntos e não resolvem nada.
    Já virou prática politica falar de saúde e educação em ano eleitoral.
    Nossa saúde está um caos, só acompanhar os noticiários, que comprovamos isso e, parece que não existe nenhuma previsão de melhora.
    Mesmo assim, fizemos uma copa do mundo, onde gastamos rios de dinheiro, agora já vem as olimpíadas, onde os gastos serão grandes, também.
    Porque não fazem um custo x beneficio desses eventos, será que compensa, não seria melhor se gastássemos esse dinheiro; na saúde, na educação!
    A copa passou, mesmo perdendo de 7 x 1 para a Alemanha, não aprendemos.

  • Eu também digo sim, as mudanças!!!

  • Merecidamente, Brizola faz parte do Livro dos Heróis da Pátria.
    A presidente foi muito feliz ao escolher Brizola, já que ele foi um grande politico, que exerceu seus mandatos políticos, com muita competência e lisura.
    Amigo do grande político Darcy Ribeiro, ambos fizeram muito pelo país, quando políticos.
    Fizeram parte da época de ouro da politica brasileira.
    Grande homenagem a Brizola, esse foi um grande brasileiro.

  • A que ponto chegamos:

    O Rio Doce, a água era incolor e transparente, havia uma admirável diversidades de peixes, em época de piracema, era bonito ver os peixes subindo para a desova.
    O Rio Doce tinha uma vazão muito maior e o leito era profundo, por isso era uma atração passar pelas estradas onde ele margeia e, ver pessoas nadando, naquele espetáculo de Rio.
    Seus cursos d’água tinha uma oxigenação que sustentava a vida.
    O desastre ambiental de Mariana, mudou esse panorama que o Rio Doce tinha, a vida vegetal está praticamente extinta, a lama do minério não permite mais a passagem da luz do sol, não há mais fotossíntese.
    Enquanto o Rio Doce, doente, agoniza, os poluidores ficam a vontade.
    Onde anda os órgãos ambientais, que são os responsáveis pelos crimes ambientais, contra a natureza.
    Ao passar em uma estrada, nesse final de ano, que fica próximo ao Rio Doce, parei o carro próximo, olhando para toda a sua extensão, passou uma fita de idéias em minha cabeça, dentre elas; a que ponto chegamos!!!!

  • O nosso país se quiser melhorar, tem que passar por uma reestruturação gigante, inclusive o serviço público tem que ser revisto, caso contrário, entra ano, sai ano, vai ser a mesma coisa.
    Os políticos falando sempre em melhorias e, o povo sempre insatisfeitos e reclamando dos governantes.
    Tem que ser revista todas as áreas e conceitos, com mudanças de vários procedimentos.
    Entendo que não precisa de tantos ministérios, cortar custos é um fator preponderante em qualquer administração.
    Oportunidades tem que ser para todos, não pode haver privilégios!
    Tenho por costume, observar o semblante das pessoas nas ruas das grande cidades, outro dia em uma grande metrópole, pude constatar a insatisfação das pessoas, muito tristes, semblante fechado, sérios.
    O nosso país tem que mudar, para o bem de todos e felicidade geral da nação.
    Caso contrário vai ser a mesmice de sempre.
    Um ditado Chines muito pertinente ao momento que estamos vivendo; “se não pode mudar seu destino, pelo menos muda de atitudes”.
    Falo com conhecimento de causa, porque já rodei um pouco; nosso país e nosso povo são fantásticos, portanto, merecem mudar para melhorar.

  • Nas minhas andanças pelas estradas brasileiras, não só no meu estado, em viagens pelo interior, mas em outros também, pude constatar pouca presença de policiais nas estradas, salvo nas barreiras.
    Essa presença é muito importante, porque inibe aqueles que praticam uma direção perigosa, causando insegurança e acidentes nos outros.
    Sou de opinião que; “O que causo ao outro, tenho que reparar”.
    No natal pude comprovar isso, quando de minha ida a cidade natal.
    Outra coisa que faz muita diferença nas estradas, são as sinalizações, óbvio, as estradas, diga-se de passagem, estão péssimas, com depressões na pista e buracos.
    Sinalizações precárias!
    Deveria ter um projeto, melhorando isso.

  • Já que a deputada vem de uma prole de políticos, o pai, tio, foram no passado grandes políticos, seria interessante que registrassem essa arvore genealógica politica em um livro.
    Um livro sobre a acensão politica de todos, iria contribuir muito para a historia politica do país, já que dignificaram os cargos políticos que ocuparam com muita lisura.
    Seria uma historia de vida politica de pai, tio e agora filha.
    Pensem nisso!

  • Um projeto que iria ser de suma importância aos Museus e Casas de Artes, em todo o país, seria a permanência de uma “brigada de incêndios”, ou mesmo uma inspeção mensal pelos brigadistas, nessas áreas de cultura.
    Essas medidas evitariam que historias importantes da nossa cultura, fossem apagadas por incêndios.

  • Deputada, sendo uma representante da cidade de São Paulo na Câmara Federal, deveria pedir que fosse iniciada a reconstrução, o mais rápido possível, do “Museu Da língua portuguesa”, que fica na praça da luz.
    Seria uma contribuição muito grande, que iria dar a nossa cultura.
    Essa memoria não pode ser apagada!

  • Deputada, parabéns pelo primeiro ano de mandato, torço para que venha muitos outros.
    “Se alguém permanece fechado em seu mundo , sem acompanhar mudanças ou mesmo procurar entender o que acontece à sua volta e no mundo, não terá condições de ser um grande politico”.
    Por isso a senhora faz a diferença, com as noticias no blog, narrando tudo que acontece na politica, à sua volta, e no país.
    Belo cartão personalizado, com muita luz e muito brilho!

  • Boas Festas e…
    Parabéns pela iniciativa desse blog. Confesso que curto muito. Aprendi bastante lendo seus posts.

    Que o nosso 2016 seja cheio de conquistas para o Brasil. E pra você também!

Deixe seu comentário!