Archive from Abril, 2018

De minúsculo a grandioso

Janela partidária encerrada, e o resultado para o nosso Podemos foi muito bom: mais sete deputados federais e dois senadores. Total de 17 deputados em exercício, três na suplência e cinco senadores. Da minúscula bancada de deputados em 2015, hoje somos uma das maiores do Congresso. Poderíamos ter crescido mais, no entanto, em vários Estados optamos por projetos que darão palanque para o presidenciável Alvaro Dias. Em Goiás, por exemplo, poderíamos ter trazido um deputado, mas que é ligado ao governador do PSDB, então optamos em apoiar a chapa do Ronaldo Caiado, que vai dar palanque para o Alvaro. Se fossemos um partido que só visasse trazer deputados teria sido mais fácil, mas esse não é o nosso intuito, o objetivo é construir palanques para o nosso projeto maior, que é a candidatura à presidência da República. E isso acarreta alguns sacrifícios num primeiro momento, que, entretanto, trará recompensas mais adiante.

Senador Elmano Férrer, do Piauí, filiou-se ao Podemos

Invadi o gabinete vizinho

As horas derradeiras da janela partidária foram uma loucura. Muitos pré-candidatos de todo o Brasil passaram pelo meu gabinete, não dei conta de atendê-los. Deixamos de ganhar mais parlamentares porque, realmente, não tive tempo de me reunir com muitos deles. O meu gabinete estava tão lotado que eu, precisando terminar minhas articulações na Câmara, nem vacilei: invadi o gabinete do nosso deputado mineiro Laudívio de Carvalho, que é em frente ao meu, e ainda ‘roubei’ a assessoria dele pra dar contar do trabalho. Isso que eu chamo de ‘deputada’ espaçosa’ (kkkk)

Deputada ‘janeleira’

Ganhei um apelido do senador Alvaro Dias, nosso pré-candidato a presidente da República: ‘janeleira’. Eu dou muita risada, porque o apelido se espalhou rapidamente pelo Congresso e saiu até na mídia. Deixa explicar o porquê desse apelido. A janela dura apenas um mês, mas já no primeiro dia de mandato fiz a ‘pasta da vitória’. Falei disso pra vocês, lá no comecinho do blog. Nessa pasta coloquei os nomes e as fotos dos outros 512 deputados. Queria conhecer cada um, para saber quem abordar e como convencê-los a migrar para a minha legenda. Desde então, passei a liderar articulações para fazer o partido crescer. Já na primeira janela, em 2016, o nosso partido saltou de 4 deputados para 10. E agora, como todos também me conhecem bem, eu já chego perguntando “e aí, Podemos?” Assim, hoje sou a deputada ‘janeleira’. Com muita honra e alegria!

Reportagem publicada no jornal O Estado de S.Paulo

Celular, meu amigo inseparável

E nesses dias de muitas articulações no Congresso, com a proximidade do término da janela de transferência, não se pode perder um minuto sequer. Se a fome aperta, dá-se um jeito de comer; se os pés não aguentam mais, tira-se os sapatos. O que não dá é para ficar longe do celular! (rs)

Somos França!

Ainda me emociono com as palavras do vice-governador Márcio França, ditas no ato em que o Podemos fez o anúncio oficial de apoio à sua candidatura ao governo do Estado de São Paulo. Posto aqui o vídeo para que vocês ouçam o que ele disse.

Sonho realizado!

Diego Garcia é um dos novos integrantes do Podemos

O sonho que sonhei lá trás, quando nem era deputada federal, virou realidade. Para ser sincera com vocês, estou em êxtase. É que o nosso projeto, de oferecer uma alternativa de reconstrução do Brasil, de um Brasil que os brasileiros desejam, que venha a ser comandado por um presidente sem máculas, sem manchas, com uma trajetória política admirável, experiente e confiável, tem recebido enorme receptividade no Congresso.no

Cinco deputados federais abraçaram o nosso projeto e já vieram para o Podemos: Diego Garcia (PR), Dâmina Pereira (MG), Laudívio Carvalho (MG), Marco Feliciano (SP) e Roberto de Lucena (SP). Já somos 20 deputados na Câmara Federal. E 3 senadores. E a janela de transferência partidária ainda não terminou. Mais gente pode (tchan tchan tchan tchan) estar chegando!!!

Para ter um Podemos forte, calcado em democracia direta, participação e transparência, trabalhei muito, muito mesmo, na reformulação do partido (era PTN), tendo ao meu lado uma turma pra lá de competente. Fui procurar a dedo quem seria o nosso líder, o escolhido para comandar a nossa proposta de fazer um Brasil melhor para os brasileiros. Achei o senador Alvaro Dias, o nosso presidenciável. Que homem! Ele é tudo aquilo que detalhei acima e muito mais. Cada vez mais estou convicta que ele vai subir a rampa do Palácio do Planalto para assumir o comando do País.

E ainda há quem não acredita que sonhos são realizados. Basta acreditar… e trabalhar para que aconteça.

Zuzinha é nosso!

Não falei que o Podemos só tem atraído gente boa? Pois é, Mario Covas Neto, o Zuzinha, vereador paulistano, filho do inesquecível governador de SP, deixou de ser tucano para virar Podemos! Ele vai ser senador, no lugar do Alvaro Dias, que será presidente! Gravem o que estou dizendo!

Páginas:«12