Ainda bem que era rádio

Gente, gente!!! Vocês não imaginam o que é fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Fazer o quê, né? O dia tem apenas 24 horas (rs). Hoje, por exemplo, enquanto dava entrevista sobre a aprovação do meu Projeto de Lei 3837/2015 pelo plenário do Senado (leiam no post abaixo), respondia ao WhatsApp e fazia hidratação no cabelo. Ainda bem que a entrevista foi para uma emissora de rádio, que não faz transmissão de vídeo pela internet. kkkk

Semana muito especial

Brasília não é só correria e alvoroço. Tem muita coisa boa rolando. E essa semana foi especial. Depois de receber o OK na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, o meu projeto de lei também foi aprovado em plenário pelos senadores. Trata-se do PL 3837/2015, que dá aos profissionais de Saúde prazo de 24 horas para comunicar à polícia casos de indícios ou confirmação de violência contra mulheres atendidas em serviços públicos e privados. Como sofreu pequenas mudanças, a proposta retorna para a Câmara dos Deputados. E sendo aprovado vai à sanção presidencial. Mais um a caminho para tornar-se lei. O outro, como vocês sabem, foi a criminalização da importunação sexual, que recebeu sanção presidencial, em agosto do ano passado, e já está em vigor.

Também protocolei na Câmara o Projeto de Lei Complementar 72/2019, que retira da Justiça Eleitoral o poder para julgar crimes de corrupção e caixa 2, deixando a atribuição para a Justiça comum.  Esse PLC se opõe à recente decisão do STF de atribuir à Justiça Eleitoral a competência para processar e julgar esses crimes.

E, por fim, no plenário da Câmara, aprovamos por unanimidade o Projeto de Lei 8599/17, da minha amiga deputada Geovania de Sá (PSDB-SC), que concede prioridade de matrícula escolar a filhos de mulher que sofre violência doméstica. Conquista importantíssima para as mulheres, que muitas vezes, para se afastarem de seu agressor, precisam até mudar de cidade com seus filhos.

Em defesa da Lava Jato

A Lava Jato completou 4 anos no último dia 17. Já acumula 49 fases e nesse período 188 pessoas foram condenadas por envolvimento nas fraudes descobertas pela Polícia Federal. Nós, do Podemos, fizemos um ato em defesa da operação. Há quem deseja acabar com Lava Jato, mas defendo e torço para que continue jogando no ventilador toda a sujeira que muitos andaram praticaram. Ah, tem gente com bastante medo, mas quem tem as mãos limpas pode dormir tranquilo, sem medo da ‘visitinha surpresa’ dos agentes da Polícia Federal.

Alvoroço em Brasília

Gente, Brasília pegando fogo! A prisão do ex-presidente Michel Temer mexeu demais no Congresso.Não se falava outra coisa nesta quinta-feira, muitos até apostando quem seriam os próximos alvos da Força Tarefa da Lava Jato. Vocês arriscariam algum palpite? 😳

Comissões temáticas

Quando protocolamos um projeto de lei, a Secretaria Geral da Mesa da Câmara dos Deputados define o caminho de tramitação dessa proposta, ou seja, em quais comissões ela irá passar. O caminho é bem longo antes chegar ao plenário. Neste vídeo, trago a vocês uma explicação de como isso funciona.

Pra aguentar o ar da Câmara

O ar condicionado da Câmara foi instalado junto à construção da cidade, em 1960. Olha o tanto que é antigo. Eu, que tenho rinite, sofro demais. Além de pegar o avião com o ar condicionado geladíssimo, o clima de Brasília está começando a ficar seco. Eu sofro muito nessa época do ano. Só uma inalação a base de vinagre de maçã pra ajudar a melhorar. E assim começa minha quinta-feira por aqui.

Dia exaustivo

Gente, tenho que confessar: tem hora que canso de Brasília. As coisas aqui são atropeladas, não conseguimos dar atenção que as pessoas merecem, nunca consigo sair cedo da Câmara e muito menos cumprir todos os compromissos. É muito difícil, admito que há momentos em que o desespero toma conta. Mas, continuo firme, tentando todos os dias retribuir a esperança de muitos brasileiros que me confiaram essa missão.

Vamos tomar um café?

Todos os prédios da Câmara têm espaços destinados a produzir a bebida mais consumida no Brasil: o café. Fiz um pausa pra degustar essa deliciosa bebida e quem acompanha é você. O café é a bebida mais consumida pelo brasileiro. O Brasil fica atrás apenas dos Estados Unidos, que consome quase 80 litros de café por dia. O Brasil consome cerca de 22 milhões de sacas, enquanto nos EUA são 25 milhões ao ano.

Podemos reage à decisão do STF

A bancada do Podemos, por meio dos deputados federais Roberto de Lucena e Igor Timo, agiu rápido e foi a primeira a protocolar um projeto de lei (PL 1520/2019) para tentar reverter a decisão do STF que, por 6 votos a 5, passa para a Justiça Eleitoral a competência de julgar os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro quando investigados junto com caixa 2. Gente, isso pode afetar e muito a Lava Jato. Pelo menos 160 condenações correm o risco de serem anuladas, segundo procuradores da Força Tarefa, se for mantida a decisão da Suprema Corte. Isso sem falar em outros processos em andamento que podem voltar à estaca zero. Portanto, a decisão do STF não pode ser recebida de forma passiva pelo Congresso nem pela sociedade brasileira. Isso é retrocesso! Por isso, o Podemos, como sempre, agiu rápido para que a vontade do povo seja respeitada, ou seja, crimes diretamente relacionados ao processo eleitoral devem ser da alçada da Justiça Eleitoral; crimes do colarinho branco devem ser processados e julgados pela Justiça comum. O Brasil avançou nos últimos anos. Não vamos permitir que o país retroceda um milímetro no combate à corrupção.

 

 

Craccc! Craccc! Craccc!

Pausa para uma massagem na Assembleia Legislativa de São Paulo, onde estive prestigiando a posse de nossos deputados estaduais Bruno Ganem, Ataide Teruel, Márcio da Farmácia e Aprígio. Após a solenidade, ali num cantinho meio que escondidinho, me entreguei às mãos mágicas de quem sabe endireitar ossos tortos. Cracc! Cracc! Cracc! Estalou pra caramba, mas tudo voltou ao seu lugar!

Páginas:1234567...83»